Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Saúde Estética Cintramédica

A Importância da Esfoliação

32. A Importância da Esfoliação.png

A pele é o maior órgão do corpo humano e por isso merece cuidados especiais. Todos os dias estamos expostos a agressões externas como o uso de ar condicionado, luzes artificiais, raios solares, vento e poluição, necessitamos de ter cuidados extras para mantermos a pele com aspeto mais saudável.

A esfoliação é um tratamento facial ou corporal feito com uma mistura de substâncias granulares que se juntam ao creme ou óleo com o objetivo de limpar, renovar e hidratar a pele. Esta assegura a remoção da camada mais superficial da pele onde estão as células mortas, o que deixa a pele com uma aparência mais suave e lisa, e com menos imperfeições.
A esfoliação prepara a pele para a receção de princípios ativos, através da aplicação de cosméticos (cremes, séruns, entre outros) e de tratamentos estéticos. 

Por que é importante esfoliar?

A esfoliação elimina as células mortas, limpa os poros e facilita a remoção dos pelos, evitando que estes encravem.
A esfoliação auxilia no controlo da oleosidade, deixando a pele mais lisa e limpa. No entanto se existirem lesões de acne inflamadas, o melhor será evitar o processo até que cicatrizem.

A frequência com que a pele deve ser esfoliada varia conforme o tipo de pele de cada pessoa.

Pele normal a seca

Para pessoas com este tipo de pele, recomenda-se que a esfoliação seja feita uma vez por semana ou de duas em duas semanas. As peles secas devem ser esfoliadas menos vezes porque não acumulam tanto óleo na superfície, e fazendo esfoliação com mais frequência pode acabar por fazer com que o rosto fique ressecado, deixando a pele mais vermelha e irritada.

Pele oleosa ou mista

A pele oleosa como é mais resistente pode fazer esfoliação duas a três vezes por semana, para que os poros não fiquem obstruídos removendo o excesso de sebo acumulado nos poros, reduzindo a oleosidade e evitando o aparecimento de borbulhas e pontos negros.

Pele sensível

Este tipo de pele pode ser submetida ao processo de esfoliação suave a cada 15 dias.

Pele com acne

Evitar a esfoliação em casos de acne moderada a grave, já que pode acontecer a ruptura das pústulas, havendo risco de infetar glândulas sebáceas, o que agravará o problema. Se for acne leve, a esfoliação suave pode ser benéfica.

Benefícios

  • Melhora a textura da pele, deixando-a mais suave, uniforme e tonalizada;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Remove as células mortas expelidas pelo organismo;
  • Desobstrui os poros, limpando profundamente;
  • Combate o aparecimento de acne e pontos negros;
  • Ajuda a reduzir manchas e marcas de acne;
  • Estimula a produção de células novas com mais colagénio e elastina;
  • Evita oleosidade excessiva;
  • Devolve à pele um aspeto saudável, vigoroso, luminoso, uniforme, macio e com toque mais sedoso;
  • Deixa a pele pronta para a hidratação, aumentando a capacidade de absorção dos cremes hidratantes.

 

Dica: A maneira mais fácil de diagnosticar que existe a necessidade de fazer uma esfoliação é quando esta se apresenta sem vida, sem brilho natural e com aspeto mais áspero.